4d6527_81aa5fc8e3194795a7f8608969f18d4b.

RFPM em Pálpebras

(Radiofrequência Fracionada por Multiagulhas)

          O envelhecimento da região periorbital é estabelecido pela destruição progressiva da delicada arquitetura de componentes cutâneos, associado ao envelhecimento da estrutura óssea, muscular e ligamentar, que resulta em flacidez, sobras de pele, rugas de pele, rugas dinâmicas e estáticas, evidenciando-se bolsas de gordura e escurecimento da região.

          Essas alterações causam um impacto substancial no equilíbrio cosmético da face.

          A RFPM propõe uma abordagem inovadora para o rejuvenescimento cutâneo, por meio de eletrodos constituídos de várias agulhas, conectados a um aparelho de radioeletrocirurgia. Essa técnica é realizada de maneira precisa e pontuada. Não compromete a pele vizinha ao local tratado e provoca significativo impacto tecidual, oferecendo estímulo para que novo colágeno seja formado.

          As agulhas ultrapassam a primeira camada da pele (epiderme), indo atuar na camada interna (derme), promovendo contração e renovação do colágeno.

          O procediemento também favorece o clareamento da região.

          O paciente de eleição é aquele que apresenta sobra de pele modesta, flacidez e rugas estáticas.